Lembrar Sempre 


182 registados
Mais recente: Luizotavionaufel


0 registados
3 visitantes

Users no Chat online: N/A


Tspicos: 263
Mensagens: 313

Sem aniversarios vismveis.



Voltar   Fórum de Miranda do Douro > Área Geral > Conversa Geral

Conversa Geral Aqui já sabem, podem falar de tudo o que vos apetecer e que não seja enquadrado nos outros fóruns...

Responder
 
Opções Display
  #1  
Velho 08-02-2015, 19:36
armandogarcia armandogarcia encontra-se desligado
Membro Sénior
 
Data de Adesão: Jul 2009
Mensagens: 227
Por Defeito O cão, o velho e o menino

O cão, o velho e o menino


Eram três abandonados
Vivendo desamparados
Pelas ruas da cidade
Um velho, um menor de idade

E um cão; escorraçado
Nenhum dos três em seu fado
Foi abençoado, da sorte
Vez que jogados sem norte

Quis o destino, que um dia
Unissem sua estadia.
Se a semelhança tem vez
O mesmo sonho é dos três

Terem um pedaço de pão
Sempre a cada refeição,
E em cada dia que passa
Nessa tamanha desgraça

O velho, um pobre ancião
Já foi alguém, hoje não
A família o abandonou
Quando o dinheiro acabou

O menino igualmente
Mesmo sendo inteligente
Sofreu a mesma maldade
Foi jogado sem piedade

Na rua da desventura
De sofrimento e agrura
Sem ao menos aprender
Na escola a saber ler

O velho por sua vez
Ensina-lhe português
Dá-lhe lições de moral
Para nunca fazer o mal

O cão, sem ser criatura
Sofreu da mesma agrura
Além de enxotado pra rua
Ainda lhe sentaram a pua

Unidos em comunhão
Da imposta *abjunção
Ao velho pela despesa
Ao jovem pela natureza

De gastar sem produzir.
Ao cão o mesmo carpir
Que o destino lhe impôs,
Diz o velho, tal qual nós

O menino foi crescendo
Nas lições foi aprendendo
A ser alguém nesta vida
A orientação foi seguida

O velho levou-o à escola
Sem uniforme ou sacola
Apenas um pedaço de pão
Para aprender a lição

Por ser aluno aplicado
Ao diretor foi chamado
Inteirou-se da situação
Mandou servir refeição

A ele, ao velho e ao cão
E pela sua educação
De ser aluno exemplar
Passou a escola abrigar

Estes três desamparados
Pelo destino agrupados
O menino estudioso
Na orientação do idoso

Foi galgando posição
Sempre a melhor lição
Era a sua com certeza
E não vos cause estranheza

Que um dia será doutor
Diplomado com louvor
Graças à boa conduta
Que o ancião não reluta

Nas lições que sempre dá
E sem ele, ao deus-dará
Que seria deste menino
Sem família e sem destino !

• Separação


Porangaba, 08-02-2015 (data da criação)
Armando A. C. Garcia

Visite meu blog:
http://brisadapoesia.blogspot.com
Responder com Quote
Responder

« Anterior | Seguinte »

Opções
Display

Regras de Criação de Mensagens
não pode criar novos tópicos
não pode enviar respostas às mensagens
não pode adicionar ficheiros em anexo
não pode editar as suas mensagens

O Código vB está On
Smiles estão On
Código da [IMG] é On
Código HTML é Desligado
Ir Para o Fórum:


Todas horas estão no fuso horário GMT. A hora actual é 06:11.

Portal de Miranda do Douro