Lembrar Sempre 


182 registados
Mais recente: Luizotavionaufel


0 registados
1 visitantes

Users no Chat online: N/A


Tspicos: 263
Mensagens: 313

Sem aniversarios vismveis.



Voltar   Fórum de Miranda do Douro > Área Geral > Conversa Geral

Conversa Geral Aqui já sabem, podem falar de tudo o que vos apetecer e que não seja enquadrado nos outros fóruns...

Responder
 
Opções Display
  #1  
Velho 18-03-2015, 20:36
armandogarcia armandogarcia encontra-se desligado
Membro Sénior
 
Data de Adesão: Jul 2009
Mensagens: 227
Por Defeito Esta imagem fala tudo !

Esta imagem fala tudo !

Av Paulista.bmp


Esta imagem fala tudo
Que meu verso possa dizer
Ela trás no conteúdo
A aversão a este poder

Revela a insatisfação
Dum povo que era mudo,
Mostrando na indignação
Sua pujança e escudo !

É a revolta, a aversão
Aos desmandos cometidos
Pelo PT na administração
Com roubos descomedidos

Em País nenhum do mundo
Se roubou tanto dinheiro
Parece um saco sem fundo
A ambição do tal parceiro

O pior é que se comete
Uma falsa acusação
Nenhum aceita o ferrete
De ter roubado a nação

E a operação Lava-Jato,
Só está prendendo inocente
O dinheiro da Suíça. É fato,
ele nunca foi dessa gente !

Afinal onde ‘stão os ladrões
Que roubaram a Petrobrás
Deixando em maus lençóis
O Brasil. Que andou pra trás

Covardemente injustiçados !!!
Por contas que não são deles
Tenham pena dos coitados
Não queimem as suas peles.

Quem pagará ao Brasil
Obras feitas no estrangeiro
Onde o lucro mercantil,
Foi todo pro empreiteiro !

Se apuradas as tais contas
Num prejuízo total
São enormes suas montas
Ao erário nacional

Vejam que o BNDS
Emprestava a seis por cento
O que captava a onze e vinte e cinco
Logo, perdíamos mais de cinco

Por sua vez as empreiteiras
Construíam fora do país
E ao extrapolar as fronteiras
Ninguém metia o nariz !

Os países beneficiados
Dão graças ao nosso Brasil
Pois nunca serão cobrados
E se o forem, é dez por mil

Enquanto nós outros, do povo
Passando necessidade
Pão arroz, feijão e ovo
E nunca comer à vontade

Se doentes a esse SUS
Chegarmos vivos; morremos
Pois duma infecção sem pus
Por certo, com as dez batemos.

A educação igualmente
Está cheia de problemas
Ir à aula, ou estar ausente
O professor está de algemas !

O tema de segurança
É de tamanha relevância
Que o crime teve pujança,
E seu combate, regrediu !

Nosso dinheiro noutras mãos
Deixa-nos morrer à míngua
Perante Deus, somos irmãos
Mas falamos outra língua !

Devia é ser condenado
Quem deixa o dinheiro sair
Já que o povo é obrigado
A tudo ter que engolir

E pagar altos impostos
Os mais caros do universo
Em troca dão-nos opostos
O que há de mais perverso

Sem educação e saúde
Sem tranquilidade e paz
A tudo que o verso alude
Caminhamos para trás !

A dimensão da veemência
Com que mentem esses ladrões
Travestidos de Excelência
Panacéia aos borbotões !...

Enganar o povo é fácil
Difícil é enganar a si mesmo
No meio desse covil
Onde tanto se fala a esmo !

São Paulo, 18-03-2015 (data da criação)
Armando A. C. Garcia

Visite meu blog:
http://brisadapoesia.blogspot.com




Responder com Quote
Responder

« Anterior | Seguinte »

Opções
Display

Regras de Criação de Mensagens
não pode criar novos tópicos
não pode enviar respostas às mensagens
não pode adicionar ficheiros em anexo
não pode editar as suas mensagens

O Código vB está On
Smiles estão On
Código da [IMG] é On
Código HTML é Desligado
Ir Para o Fórum:


Todas horas estão no fuso horário GMT. A hora actual é 06:16.

Portal de Miranda do Douro